this essay
Plantio de Refúgio
Home | Plantio de Refúgio
compartilhar página Manejo Técnico

Plantio de Refúgio

O algodão BOLLGARD II RR FLEX™ expressa as proteínas Cry1Ac e Cry2Ab2 em todos os tecidos da planta durante todo o ciclo da cultura. Ao se alimentarem do tecido da planta, as lagartas ingerem essas proteínas, que imediatamente iniciam sua ação no intestino médio paralisando a alimentação, danificando essa estrutura e levando à morte do inseto. A preservação e a sustentabilidade da tecnologia dependem do cumprimento das recomendações de Manejo de Resistência de Insetos (MRI) pelos produtores.

O plantio e a manutenção das áreas de refúgio representam o principal componente do plano de Manejo de Resistência de Insetos das variedades de algodão com a tecnologia BOLLGARD II RR FLEX™. O objetivo das áreas de refúgio é permitir a multiplicação de insetos suscetíveis, que irão acasalar com eventuais mariposas resistentes da área Bt e, consequentemente, os descendentes também serão suscetíveis.

Áreas de refúgio da tecnologia BOLLGARD II RR FLEX™ são áreas de algodão não-Bt cultivadas na proporção de pelo menos 20% do total da área plantada com algodão, e na distância máxima de 800 metros da área com algodão Bt.

É recomendado que a variedade a ser plantada dentro da área de refúgio possua ciclo vegetativo similar ao do algodão BOLLGARD II RR FLEX.

Configurações no campo

Existem diferentes alternativas para a distribuição das áreas de refúgio, ficando a cargo do agricultor ou do consultor a configuração que considerar mais adequada para as condições locais dos talhões de plantio. Entretanto, é necessário observar a correta proporção entre a área plantada com o refúgio (mínimo de 20%) e a área plantada com algodão BOLLGARD II RRFLEX™, assim como a distância máxima entre elas (800m).

Plante refúgio

Configurações de áreas de refúgio para Bt em talhões plante_refugio__talhoes_circulares

Configurações de áreas de refúgio bloco ou no perímetro do talhão plante_refugio_bloco_perimetro

Configurações de áreas de refúgio em talhões plante_refugio_talhoes_adjacentes

Refúgio Estruturado BOLLGARD II RR FLEX E BOLLGARD RR
Nome científico Nível de controle Nível de controle
Alabama argillacea Até 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 2 lagartas  por metro. Após 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 25% desfolha ponteiro ou 2 lagartas  por planta. Até 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 2 lagartas (>3mm) por metro. Após 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 25% desfolha ponteiro ou 2 lagartas (>3mm) por planta.
Chrysodeixis includens Até 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 2 lagartas  por metro. Após 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 2 lagartas  por planta. Até 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 2 lagartas (>3mm) por metro. Após 30-40 DAE: 10% desfolha da planta ou 2 lagartas (>3mm) por planta.
Spodoptera eridania Idem curuquerê Idem curuquerê
Spodoptera cosmioides Idem curuquerê Idem curuquerê
Heliothis virescens 6-8% de plantas infestadas (planta com pelo menos uma lagarta 6-8% de plantas infestadas (planta com pelo menos uma lagarta >3mm)
Helicoverpa spp. 6-8% de plantas infestadas (planta com pelo menos uma lagarta) 5-8 lagartas em 100 plantas 6-8% de plantas infestadas (planta com pelo menos uma lagarta >3mm) 5-8 lagartas (>3mm) em 100 plantas
Spodoptera frugiperda 6-8% de plantas infestadas (planta com pelo menos uma lagarta ) 6-8% de plantas infestadas (planta com pelo menos uma lagarta >3mm)
Pectinophora gossypiella 10 adultos capturados por armadilha de feromônio a cada 2 noites ou até 3-5% de maçãs atacadas 10 adultos capturados por armadilha de feromônio a cada 2 noites ou até 3-5% de maçãs atacadas
Plante Refúgio
Ensaios
Ensaios
Plantio de Refúgio
Refúgio